BURDA STYLE 08/2010 Criadores nacionais - Ana Sabino

Romântica e intemporal
"Conheço desde sempre os moldes da burda e lembro-me de vê-los à venda em praticamente todas as retrosarias e papelarias e da minha avó ter o moldes lá por casa"
O apelo da moda foi precoce e levou Ana Sabino a tirar um curso de Estilismo na Escola Profissional Magestil, em Lisboa, a que se seguiu um estágio no College of Art and Design, em Leeds. Aos 20 anos complementa a sua formação com o curso de Modelagem, no CIVEC, ao qual se seguiu um estágio na Lanidor. Criou um atelier de Moda aos 23 anos onde adquiriu uma vasta experiência profissional em todo o tipo de vestuário desde cerimónia a vestuário para espectáculo, num registo muito dramático que marca ainda as peças das suas colecções, que desenvolve desde os 28 anos, após ter tirado um curso de corsseterie (espartilhos), também no Civec. Os espartilhos são, aliás, uma espécie de assinatura "AS" que, pela sua extrema feminilidade reforçam o estilo único de Ana Sabino.
A sua loja na Travessa do Carmo, perto do Chiado, em Lisboa, é a montra de um trabalho de criatividade com anos de maturação, que funciona também como atelier: é este o conceito que permite à cliente interagir na criação da sua peça, escolhendo tecidos e cores. Neste espaço, em conjunto com uma equipa especializada de modelistas e costureiras, Ana Sabino concebe vestuário personalizado, criando um estilo único, tanto para o dia-a-dia, como para ocasiões mais requintadas. "As peças podem repetir-se, embora em pequenas quantidades: existem alguns modelos em que compro apenas tecido para fazer um exemplar, para ser único, apenas para as peças mais complexas", explica Ana Sabino. "A ideia é a cliente saber que não está a comprar pronto-a-vestir e por isso a probabilidade de encontrar pessoas vestidas como ela própria é mínima: está a pagar qualidade e, se desejar, exclusividade".